27 de fev de 2010

Últimas do Jornalismo

A jornalista e apresentadora do “SPTV 1ª Edição”, Carla Vilhena (foto), que está em fase de renovação de contrato com a Globo, foi sondada pela Rede Record.

O SBT anuncia para esta segunda-feira, às sete e meia da noite, a estréia do novo cenário do “SBT Brasil”, principal telejornal da emissora.

O jornal local da Record em Florianópolis não para de crescer. O “RIC Notícias” passou de 8,6% para 20,6 em 15 de fevereiro, um crescimento de 139,5%.

Já o canal “SporTV” vai mandar uma equipe de 50 profissionais para a cobertura da Copa 2010 na África do Sul.

E ainda no esporte, nesse domingo, a Record transmite a Cerimônia de Encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno – Vancouver 2010. Narração do jornalista Maurício Torres.

E para terminar, uma última informação, a jornalista Ticiana Villas Boas, apresentadora do “Jornal da Band”, conquistou o “Troféu Mulher Imprensa” de melhor âncora de telejornal.

Barata invade jornal na Paraíba

A jornalista e apresentadora do “Bom Dia Paraíba” mostrou que é mais do que uma ótima profissional, é também uma pessoa de muito controle emocional.

Ela apresentava normalmente o telejornal quando uma barata voadora invadiu os estúdios da afiliada da Globo no estado.

Mesmo com o inseto andando na gola de sua blusa, ela leu o noticia até o final e em nenhum momento demonstrou algum tipo de desespero. Veja o Vídeo:

Entrevista com Roberto Cabrini

Como Roberto Cabrini (foto) faz questão de dizer, “denunciados não mandam flores”. O repórter investigativo mais famoso da TV sabe o que está falando. Prestes a estrear no SBT, com o “Conexão repórter” na quinta-feira, ele fala do perigo que corre, da experiência na Record e do episódio em que a polícia encontrou cocaína em seu carro, há dois anos.


— Você não tem medo de nada?
Nunca existe a certeza da segurança. A experiência me ajuda nas reportagens, mas assumo o risco. Quando vou a uma região de conflito no norte da África (tema de um futuro programa), sei do risco que corro.

— Você anda com segurança?
Recebo muitas ameaças de morte, mas você só recebe ameaça quando faz algo importante. Isso me serve de estímulo. Ando sem segurança, mas procuro ser atento e levar uma vida discreta.

— Por que você saiu da Record?
A proposta financeira foi irrecusável (algo em torno de R$ 350 mil). Mas tive liberdade total na Record. No meu primeiro dia, disse que não faria matéria falando mal da Globo nem da Igreja Católica. Eles aceitaram e foi sempre assim.

— Sua credibilidade foi afetada após o episódio em que a polícia encontrou droga no seu carro?
Caí numa armadilha. Denunciados não mandam flores, fazem isso com você. Confio em quem eu sou e nunca deixaram de confiar no meu trabalho.

— Como será o programa de estreia?
Passamos quatro meses investigando o problema do tráfico de crianças no país. Nos infiltramos nessa máfia e fizemos um programa revelador.

— Qual será o perfil do programa?
Temos uma equipe de 20 pessoas, misturando juventude com experiência. Vamos atrás de temas inéditos e daqueles que já foram falados, mas com um ângulo diferente.

Fonte: RD1

25 de fev de 2010

Jornalistas na Copa 2010

O SBT ainda não fechou a lista com os profissionais que farão a cobertura da Copa na África. O fechamento só vai ocorrer no mês que vem.


Já os jornalistas Fátima Bernardes (foto), Cesar Tralli e Ernesto Paglia já são certeza na África do Sul. Além dos três, Christiane Pelajo ou William Waack do “Jornal da Globo” devem fechar a lista de jornalistas da Globo. Glória Maria e Pedro Bial ainda são dúvida.

24 de fev de 2010

Últimas do Jornalismo

Fátima Bernardes deve voltar hoje ao “Jornal Nacional”, da Globo. Desde da última segunda, a jornalista está afastada do “JN” por causa de uma rouquidão

O jornalista e apresentador do “SBT Brasil” Carlos Nascimento e o comunicador Ratinho teriam se desentendido nos bastidores do SBT.

Ainda no SBT, a jornalista Roberta Peporine (foto) renovou seu contrato com a emissora por mais um ano. Ela deve voltar ao jornalismo do canal e produzir reportagens especiais para o “SBT Repórter”.

Já o jornalista Marcelo Rezende já gravou o seu primeiro “Tribunal na TV” na Band. A estréia acontece no dia 26 de março.

E ainda, no mês que vem a Rede Globo vai alterar o seu atual quadro de correspondentes nos Estados Unidos.

Cinegrafista da Record Sai do Coma

O cinegrafista da Rede Record, Alexandre Silva de Moura, que ficou gravimente ferido depois da queda do helicóptero do canal no último dia 10 em SP, saiu do coma induzido.

Segundo um boletim médico do Hospital Israelita Albert Einstein, onde Alexandre esta internado, o cinegrafista apresenta recuperação neurológica, mas ainda respira com auxílio de aparelho.
O quadro geral e atual de Alexandre é regular. Ele já demonstra consciência e se comunica por meio de gestos.

23 de fev de 2010

Últimas do Jornalismo


No SBT, esta cada dia mais forte, a idéia de criar um programa de jornalismo e variedades para o inicio das manhãs do canal. O objetivo é recuperar a audiência das sete da manhã, ou melhor, manter o ibope do “SBT Manhã”.

Já a Band vai fazer uma grande mudança no atual quadro de funcionários. De acordo com a coluna “Canal 1”, a equipe técnica será a mais atingida. Além de alterações, estimasse que 30% dos funcionários serão dispensados.

E ainda na Band, o jornalista José Luiz Datena (foto) disse durante um comentário no "SP Acontece:”Se vocês da Mancha Verde são homens venham me pegar aqui na porta da Band. Podem me pegar e me matar. Não tenho medo de vocês.” O apresentador de referia a morte de um torcedor após o jogo entre São Paulo e Palmeiras.

Nintendo Lança Jogo Sobre a Vida de Jornalista

A vida real dos jornalistas invadiu os games. É que a Nintendo acaba de lançar um jogo baseado na rotina de um repórter. É o “Imagine: Journalist” ou em português “Imagine: Jornalista”.

De acordo com o “Pop News”, o profissional virtual começa o jogo como um colunista de uma publicação local que anda de bicicleta, mas ao passar do tempo, o jogador pode até se tornar um correspondente internacional e ter o seu próprio programa de televisão.

22 de fev de 2010

Record Cresce em 2010

Até o último dia 18 de fevereiro, a Rede Record foi a única emissora de TV do Brasil que cresceu. Em janeiro, a audiência ficou assim:

Globo: 16,5 Pontos
Record: 6,9 Pontos
SBT: 6,0 Pontos
Band: 2,4 Pontos
Rede TV!: 1,5 Pontos

Já em fevereiro, a audiência foi maior ainda:

Globo: 16,0 Pontos
Record: 7,1 Pontos
SBT: 5,4 Pontos
Band: 2,2 Pontos
Rede TV: 1,4 Pontos

O lançamento da série “CSI” em horário nobre e a transmissão das Olimpíadas de Inverno 2010 são apontadas como fator determinante para o crescimento.

Mosca invade o programa "Globo Esporte"

Últimas do Jornalismo


O principal telejornal da Bandeirantes, o “Jornal da Band”, deve ganhar novas vinhetas e novos cenários no mês que vem.

Já a Rede TV! vai lançar em semanas um novo informativo para a hora do almoço.

A jornalista e apresentadora Patrícia Maldonado (foto) esta grávida de uma menina e deve dar à luz em junho ou julho. Ela é casa com o também jornalista Guilherma Arruda (foto).

E mudou de dia e horário o programa de Roberto Cabrini no SBT. Agora, o “Conexão Repórter” será exibido às quintas. A estréia esta confirmada para o dia 4.

18 de fev de 2010

Vancouver 2010: Record Congela Concorrência

A Rede Globo sempre teve os direitos das Olimpíadas de Inverno, mas nunca exibiu os jogos com medo de rejeição do público. Agora, a Rede Record exibi os Jogos de Vancouver 2010 e vem conquistando ótimos índices de audiência.

Ao total, a emissora exibi diariamente dois grandes blocos de programação dos jogos. Além disso, os telejornais da Record estão fazendo uma intensa cobertura das Olimpíadas.
Na realidade, até a Record não esperava muito das transmissões, muito menos audiência, afinal, é difícil acreditar que um país tropical em pleno carnaval vai parar para assistir esportes como esqui alpino, curling e patinação no gelo.

Mas foi justamente isso o que aconteceu, os primeiros dias de evento renderam a emissora médias de até 10 pontos. Até o outro canal do grupo, a “Record News”, vem comemorando, nesse último domingo o canal de noticias venceu Band e Rede TV!.

Todo esse resultado se deve também ao grande trabalho da equipe (foto) da Record que foi enviada ao Canadá. São mais de 80 profissionais liderados por Ana Paula Padrão.
Destaque para a própria apresentadora e para o repórter Vinicius Dônola que fazem um trabalho leve e gostoso de se ver.

17 de fev de 2010

Christiane Pelajo no JN

A jornalista e apresentadora do "Jornal da Globo" Christiane Pelajo (foto) é a mais nova integrante da equipe de apresentadores substitutos do "Jornal Nacional".

Pelajo estreou no "JN" nesse último sábado, ao seu lado na bancada estava o jornalista Chico Pinheiro. Nenhum jornalista da casa saiu dos plantões do Jornal Nacional para dar lugar a jornalista. Agora, apenas o jornalista Evaristo Costa do "Jornal Hoje" não apresenta o "Jornal Nacional" aos sábados.

16 de fev de 2010

Os Óculos, As Lentes e Os Jornalistas

A jornalista Chris Flores (foto) aproveitou as férias do “Hoje em Dia” para fazer uma cirurgia nos olhos. O objetivo da operação era acabar de uma vez por todas com o seu problema de visão. E deu certo, a apresentadora não precisará usar mais óculos. Chris ainda revelou a um jornal:
“Fiz pela praticidade, não pela vaidade. É difícil ir à praia sem os óculos e depois ter de correr atrás do filho sem enxergar nada”.

Mas a apresentadora da Record não é a única que sofre, ou melhor, que sofreu com o problema. Outros grandes jornalistas da TV também já tiveram seus dias de sofrimento. Um exemplo é esse vídeo que virou sucesso na Internet. Nele, a jornalista e apresentadora do “DFTV” da Globo Brasília não conseguiu ler o texto sem os óculos e foi obrigada a coloca-los em frente as câmeras, o mico aconteceu no ano passado.



Pior do que isso, só perdendo as lentes de contato ao vivo e em rede nacional. E foi justamnete isso o que aconteceu com a jornalista Zileide Silva. Ela apresentava o “Jornal Hoje” de sábado normalmente, quando de repente perdeu as lentes e ficou literalmente cega. Para sorte dela e também do publico, a Rede Globo sempre usa os chamados pontos eletrônicos em seus telejornais (Veja o Vídeo).


13 de fev de 2010

Últimas do Jornalismo

As férias da jornalista Renata Maranhão (foto) na RedeTV! estão causando uma grande confusão no jornalismo da emissora. Segundo se informa, as escalas para feriados e finais de semana sempre geram confusão.

A cerimônia de abertura dos Jogo de Inverno congelou a audiência da Rede Record. A emissora registrou média de 3.3. No mesmo horário, a Globo ficou com 13.7 e SBT com 4.1.
Já a “Record News” começou a transmitir em digital na última sexta-feira.
Em março entra no ar o canal “O Viva’, direcionado ao publico feminino, o canal fará parte dos canais “Globosat”.

E o jornalista Zeca Camargo gravou na cidade de Cairo no Egito, mais uma grande reportagem para o quadro “Megacidades”, que vai ao ar no mês de abril dentro do "Fantástico" .

11 de fev de 2010

Uma Nova Milionária


A segunda edição de "A Fazenda" já tem sua vencedora, a atriz Karina Bacchi (foto), 33, foi a grande campeã do reality show rural da Record.

A final do programa foi ao ar na noite desta quarta-feira. O programa de ontem rendeu a Rede Record uma média de 18 no Ibope, segundo dados preliminares . No mesmo horário, a Globo ficou na vice com 15 e o SBT ficou em terceiro com apenas 6 pontos.

Além de mais fama e alguns outros prêmios que adquiriu durante o programa, Karina levou pra casa o prêmio de 1 milhão de reais.

A final de “A Fazenda 2″ reuniu os dois finalistas e os outros 12 participantes. Além dos peões, quem também participou da final foi a dupla Jorge e Mateus.

Ao total, Karina participou de seis roças, já o programa ficou no ar durante 88 dias. A terceira edição do programa já foi confirmada pela Record.

10 de fev de 2010

Cobertura Online: Helicóptero da Record Ficou Totalmente Destruído

Acidente: Segundo testemunhas,o helicóptero começou a girar no ar e em seguida caiu no gramado do Jockey em SP.

Segundo o comandante do helicóptero da TV Globo, Dato de Oliveira, que sobrevoava a mesmo local onde estava o "Águia Dourada". O piloto da Record revelou em uma rápida conversa que o problema seria pane no rotor de cauda. O equipamento é responsável pelo controle da aeronave.
Ainda de acordo com Oliveira, Sobrinho (piloto da Record) avisou que iria tentar fazer um pouso emergêncial. No momento do acidente, Globo e Record estavam capturando imagens de um assalto na avenida Morumbi.

Plantão: Helicóptero da Record Depois do Acidente

Foto: Mario Ângelo/AE

Essa é a primeira imagem divulgada pelo Portal R7 do Grupo Record, do acidente envolvendo o Helicóptero "Águia Dourada", modelo Esquilo, da emissora. A aeronave caiu dentro do Jockey Club na manhã desta quarta-feira em São Paulo.

Record Divulga Fotos e Imagens do Acidente com Helicóptero da Emissora

(À esquerda, o piloto Rafael Delgado Sobrinho, e à direita o cinegrafista, Alexandre Silva de Moura)

O piloto Rafael Delgado Sobrinho tinha 45 anos. Ele trabalhou na TV Record de maio de 1999 a dezembro de 2007, retonando à emissora em outubro de 2008. Rafael deixa mulher e três filhos.

O cinegrafista Alexandre Silva de Moura tem 36 anos e é funcionário da TV Record desde abril de 2001. Atualmente, exerce a função de coordenador de sistema de TV externo. Ele é divorciado e não tem filhos.
Fonte: R7

Plantão: Helicóptero da TV Record Cai em SP

Um helicóptero da Rede Record de Televisão caiu agora pouco em SP. O acidente aconteceu por volta das 7h20 desta manhã de quarta-feira. O avião caiu no Jockey Club da cidade, zona sul da capital.

O piloto da aeronave, Rafael Delgado Sobrinho, morreu após a queda da aeronave, já o cinegrafista da emissora, Alexandre da Silva Moura, conhecido como“Borracha”, ficou gravemente ferido e foi levado para o hospital Itacolomi Butantã.

Cinco minutos depois, por volta das 7h25, o helicóptero Águia 14 foi ao local para prestar socorro. Outras sete equipes do Corpo de Bombeiros também foram até o local.

Ainda segundo o Portal R7, o piloto tentou fazer um pouso de emergência, mas não conseguiu. O motivo do acidente ainda não foi revelado.

8 de fev de 2010

O Melhor Canal News do Brasil

O Grupo Bandeirantes é só alegria, é que pela terceira vez consecutiva, o canal de noticias do grupo, o "Band News", foi eleito o veículo de maior independência editorial e o de melhor atendimento comercial.

A pesquisa nomeada “Veículos Mais Admirados” foi realizada junto a publicitários e anunciantes. A pesquisa foi divulgada pela revista “Meio & Mensagem”.

7 de fev de 2010

Os Jornalistas Também Amam

Nem mesmo a rotina de um jornalista é capaz de impedir uma grande história de amor entre profissionais da mesma categoria. Foi pensando nisso, que o blog foi atrás de exemplos que deram certo. Então, conheça agora quatro casais de jornalistas da televisão brasileira.

William Bonner e Fátima Bernardes (foto): Além do principal casal do telejornalismo brasileiro eles são sem dúvida o principal casal da televisão brasileira. Os dois são contratados da Rede Globo. Fátima é apresentadora e editora executiva do “JN” e é também editora-chefe do “Globo Notícia”. Já William Bonner é apresentador e editor-chefe do “JN”. O casal esta junto desde 1990 e tem trigêmeos, Vinícius, Laura e Beatriz. Cézar Tralli e Flávia Freire (foto): Além de apresentador local de São Paulo, Cézar Tralli é repórter policial da Rede Globo e esta junto com Flávia Freire desde 2007. Pra quem não conhece a jornalista, ela é a garota do tempo do “Jornal Hoje” da Rede Globo. O casal já pensa em ter filhos.


Chico Pinheiro e Carla Vilhena (foto): Além de substituir Fátima e William no “JN” de sábado, o ex-casal é responsável pela apresentação do “SPTV 1ª Edição”(jornal local de São Paulo). Eles possuem três filhos e estão separados desde 2008. Sandra Annenberg e Ernesto Paglia (foto): Os dois jornalistas são contratados da Rede Globo. Sandra é apresentadora e editora executiva do "Jornal Hoje”. Já Ernesto produz reportagens especiais para os telejornais da casa. Eles estão casados desde 1994, do relacionamento nasceu uma filha, Liza, de sete anos.


Godói é Demitido da Band

O comentarista esportivo Oscar Roberto Godói foi demitido da Band. O ex-árbitro não faz mais parte da equipe de esporte do canal.

Godói estava na Bandeirantes desde 2007, além de comentar em transmissões esportivas, ele aparecia frequentemente nos programas "Jogo Aberto" e "Terceiro Tempo".

A assessoria de imprensa da Band informou que não houve nada específico para a demissão. Já segundo o Portal IMPRENSA, Godói teria sido demitido em razão de um comentário de mal gosto. Na ocasião, Gódoi teria questionado o relacionamento da emissora com seus funcionários.

6 de fev de 2010

Entrevista com Vinícius Dônola

Vinícius Dônola (foto), jornalista, mergulhador e escritor. Mais conhecido pela profissão de jornalista, tem 21 anos de telejornalismo e já integrou por muito tempo o time de repórteres especiais da Rede Globo, onde gravava para o Jornal Nacional e Fantástico.

Vinícius saiu desse time ao ser contratado pela Rede Record no primeiro semestre de 2009. Foi considerada uma das maiores perdas do time de jornalismo da Rede Globo e um grande reforço para as reportagens especiais da Record em seus telejornais e programas jornalísticos.


Em maio, ele estreou com uma série de reportagens sobre os extremos do clima do Brasil. Dentre outros trabalhos ele viajou para a Rússia e recentemente terminou a série de reportagens Um Batalhão Contra o Crime em que ele e sua equipe, chegaram a ser alvos de tiros.

Em 2010 mais um desafio na emissora em que ele ainda não completou nem um ano: vai cobrir, junto com outros jornalistas cuidadosamente escalados, os Jogos Olímpicos de Inverno em Vancouver; o primeiro dos três grandes eventos olímpicos comprados com exclusividade pela emissora no valor estimado em quase US$ 70 milhões no ano passado.

O repórter Douglas Alexandre entrou em contato pelo celular do jornalista e gravou uma entrevista, aqui para o Portal, confira:


Douglas Alexandre: Boa tarde, obrigado, particularmente, por ter aceitado me conceder essa entrevista. Vinícius. Vamos começar pelo trabalho mais recente, você acaba de fazer mais uma série de reportagens para o Jornal da Record, Um Batalhão contra o Crime. Que fechou com uma excelente audiência em São Paulo e uma audiência ainda mais comemorativa no Rio de Janeiro, fora toda a experiência, produção e bastidores. O que você traz desse trabalho, Vinícius, que talvez não tenha ido ao ar? O que mais te marcou?

Vinícius Dônola: Nós, na realização dessa série, tentamos corrigir um grande problema que existe no telejornalismo que é não revelar no ar, não levar ao ar o sabor dos bastidores. Então a gente tentou traduzir ao máximo a tensão e as curiosidades dos bastidores fazendo um relato diário das experiências do 22º Batalhão. Nosso grande desafio foi tentar levar ao ar o sabor dos bastidores e a gente conseguiu traduzir o que foi de tensão o que teve de curioso dos bastidores que aparentemente em outras gravações a gente não teria conseguido, que ta no material líquido. Mas o grande bastidor, a grande emoção dessa história foi aqueles tiros no blindado, a seqüência dos momentos dos disparos que eram feitos contra a gente durou de 5 a 10 minutos na entrada da comunidade. Aquilo certamente o momento mais marcante para equipe toda e ficará marcado pelo resto da vida.

Douglas Alexandre: Você, Vinícius, é um profissional respeitado, conhecido e de muita credibilidade. Ao longo da sua carreira você acumula grandes reportagens, mas ainda tem algum tema, ou algum lugar que você sempre teve vontade de retratar, mas ainda não teve oportunidade? Ou algum lugar que esteja nos seus planos para esse ano?

Vinícius Dônola: Degelo na Groelândia. Ainda nesse ano, quando no Hemisfério Norte for verão e no Hemisfério Sul for inverno a nossa idéia é tentar mostrar na prática o degelo na Groelândia. São questões que eu sempre acalentei e estarei sempre me dedicando.

Douglas Alexandre: Bom, agora você está de malas prontas rumo a Vancouver, para mais este desafio. Afinal é a primeira cobertura olímpica oficial e exclusiva da Rede Record de muitas que virão por aí. Qual é a sua expectativa? O que você já andou vendo dos Jogos Olímpicos de Inverno que te interessou mais e o que você pode nos contar de como será esse trabalho lá? Como você está esperando isso?

Vinícius Dônola: Olha, o trabalho vai ser muito interessante, porque o nosso foco, não será uma cobertura de conquistas de medalhas, não vai ser como a cobertura de um Pan-Americano como o de Guadalajara, por exemplo, ou o do Rio, onde jornalistas brasileiros geram muitas histórias dos medalhistas brasileiros, por exemplo. Então não será uma grande cobertura de resultados e será sim uma grande cobertura de boas histórias. E nós, eu e o Dornelles, não somos os especialistas em esportes e vamos fazer a parte de comportamentos, mas isso não será o melhor da cobertura. Mostrar resultado? Sim, mas principalmente falar da história, para mim isso será um privilégio.

Douglas Alexandre: Fora do jornalismo, Vinícius, qual é o seu hobbie? Você gosta de escrever? Pratica algum esporte?

Vinícius Dônola: Meu hobbie é o mergulho. Eu sou mergulhador, acabei de concluir um curso que é semi-profissionalizante em mergulhos, sou mergulhador técnico. E o meu outro hobbie é escrever, estou no meu segundo livro sobre mergulho e também lancei dois livros infantis. Esses dois livros foram transformados em peças teatrais, inclusive uma dessas peças está em cartaz no shopping da Gávia, estreou no sábado passado. Esses livros são de minha autoria com a minha mulher Roberta Salomone que também é jornalista. O primeiro, fala sobre desmatamento e preservação, o segundo, fala sobre tráfico de animais.

Douglas Alexandre: Vinícius, você foi apresentado na Record em maio do ano passado, integrando um time de jornalismo que ainda está em ascensão. A audiência do Jornal da Record, por exemplo, em 2010 tem superado a do ano passado, batendo recordes dos últimos anos, a emissora já conseguiu a inauguração de um canal de notícias 24 horas para TV aberta, o lançamento do R7.com, entre outros marcos. Como está o profissional Vinícius Dônola, tão experiente nessa nova casa? Está satisfeito? Está aprendendo e ensinando?

Vinícius Dônola: Estou mais aprendendo do que ensinando, apesar dos 23 anos de experiência que tenho em telejornalismo, confesso que mais aprendo do que ensino. E tenho certeza que é só o começo de uma fase de ascensão e de aprendizado para os profissionais que estão aqui e para aqueles que estão chegando também. Nós estamos engatando nesse primeiro evento do ciclo olímpico, é uma honra fazer parte desse momento e espero que seja apenas um dos muitos eventos internacionais que a Record venha a fazer e que eventualmente esteja incluído neles.

Douglas Alexandre: Encerrando essa entrevista, você pode fazer as suas considerações finais, mandar um recado para quem nos lê pelo portal TvAqui e que nos seguem no twitter.

Vinícius Dônola: Olha, agradeço pela oportunidade e espero que as pessoas acompanhem a cobertura de Vancouver 2010, vai ser uma honra estar lá e espero poder fazer bem parte dessa equipe que tem como missão traduzir os povos e a cultura dos esportes de gelo e de neve para os brasileiros e estamos aqui abertos a criticas e sugestões. Pelo twitter eu vou postar algumas informações, vou twittar algumas boas novas de lá, se houver algumas fotos também. E é isso, espero que agrade, vou fazer o possível para que venha uma experiência boa.


Fonte:Tv

4 de fev de 2010

Comentarista desmaia por causa do calor

O comentarista e ex- jogador Batista, de 54 anos, do SporTV e do canal PFC, desmaiou por causa do forte calor de Porto Alegre, antes da transmissão da partida entre Grêmio e São Luiz, no Olímpico, pelo Campeonato Gaúcho. O mal-estar aconteceu à tarde, durante o pré-jogo da TVCOM, emissora afliada à RBSTV, do Rio Grande do Sul.

Depois do susto, o jornalista Maurício Saraiva tranquilizou os telespectadores afirmando que Batista estava sendo atendido por médicos. Mais tarde, Batista já participava normalmente do início da transmissão.

Insatisfação Global

Há quase três anos, a jornalista Mariana Ferrão (foto) trocou a Band pela Globo, ela já havia recebido um convite do SBT, mas preferiu aceitar o convite da emissora Global.

Só que agora, a jornalista poderia estar arrependida, pelo menos é o que afirma alguns amigos da repórter.

O motivo da insatisfação seria a falta de visibilidade na Globo, onde ela trabalha como repórter para os telejornais da casa. Na Band ela aparecia bem mais, além de apresentar o principal telejornal da Band (Jornal da Band), ela sempre era chamada para fazer grandes coberturas jornalisticas, como eleições e o carnaval de Salvador.

Os Gastos e Lucros da Líder em Audiência

A Revista Contigo divulgou em janeiro alguns valores comercias que a Rede Globo de Televisão teve em 2009.
Os gastos da emissora carioca chagaram ao valor de R$ 1.489.347.100,00 e o lucro foi de quase 5 Bilhões de reais, foram exatos R$ 4.819.450.500,00.

Você Pode Confiar !

O instituto Datafolha divulgou no inicio do mês passado, uma lista com as pessoas mais confiáveis do Brasil. Apresentadores, políticos e é claro jornalistas fizeram parte da lista onde estão as 28 pessoas mais confiáveis do país. Veja a lista abaixo.

1° Lula
2° William Bonner
3° Marcelo Rossi
4° Roberto Carlos
5° Ivete Sangalo
6° Silvio Santos
7° Zezé Di Camargo
8° Dunga
9° Chico Buarque
10° Caetano Veloso
11° Gugu Liberato
12° José Luiz Datena
13° Ronaldo
14° José Serra
15° Hebe Camargo
16° Fausto Silva
17° Paulo Coelho
18° Xuxa
19° Aécio Neves
20° Ciro Gomes
21° Dilma Rousseff
23° Marina Silva
24° Fernando Henrique Cardoso
25° Itamar Franco
26° José Sarney
27° Edir Macedo
28° Fernando Collor

3 de fev de 2010

Entrevista: Ticiana Villas Boas

A jornalista Ticiana Villas Boas (foto), que apresenta o Jornal da Band ao lado de Ricardo Boechat e Joelmir Beting, chama a atenção pela competência, beleza e pelo toque baiano que dá ao jornal todos os dias, às 19h20, na Band. Nesta entrevista, Ticiane revela curiosidades pessoais, detalhes da sua trajetória profissional, revela como chegou à bancada do principal jornalístico da emissora e mostra porque veio pra ficar.

Sempre quis ser jornalista?
Nunca tinha pensado em ser jornalista na infância nem na adolescência. Só sabia que gostava de ler e escrever. A escola que estudei fazia todo ano uma seleção de poemas dos alunos e eu sempre participei. Se chamava "Palavra Vida". Faço balé desde pequena, aos 18 me tornei professora de dança e nesse mesmo período entrei no curso de teatro. Então, na época do vestibular, decidi que iria me inscrever em algo que tivesse ligação com arte, mas não tinha certeza. Só queria que fosse numa Universidade pública. Meus pais não concordaram com a faculdade de dança nem de teatro e sugeriram: "por que não faz jornalismo e se dedica a escrever sobre cultura?". Topei. Tomei outros rumos na área, mas deu certo.

Qual é sua rotina diária?
Jornalista ter rotina? Não conheço um. Nos dois primeiros anos aqui em Sao Paulo fui repórter e quem trabalha na rua não tem horário. Num dia começava às cinco da manhã cobrindo a greve do metrô e no outro tinha que arrumar as malas para viajar. Passei esse tempo sem conseguir me organizar e não conseguia ir para academia ou aula de dança. Só que já estou há um ano e três meses apresentando o Jornal da Band, com horário fixo, e acabei descobrindo que sou mesmo é desorganizada e atrapalhada. Passei esse tempo enrolando na academia. No meu dia só tenho duas certezas: leio um jornal impresso pela manhã e os outros na internet; e a segunda: estarei na Band ao meio-dia para a minha primeira reunião e só saio depois da última, que acontece quando o jornal acaba. Ah, tem um mês que consigo correr e fazer musculação três vezes por semana. Mas tudo isso pode mudar (e tem acontecido com certa freqüência) se aparecer alguma reportagem ou viagem... Aí, volto à estaca zero.


Como chegou à bancada do Jornal da Band?
Comecei a trabalhar em televisão em 2002 como estagiária na TV Educativa. Em 2005 fui convidada para ir para a Band Bahia. Recebi a proposta uma semana antes do carnaval. Zuca, a minha então chefe, precisava de uma repórter para participar da cobertura nacional do Band Folia e apostou em mim, mesmo sem tanta experiência e acabando de chegar. O trabalho foi super legal. Conheci o pessoal daqui de São Paulo; Raimundo Lima, Juca Silveira e Walkíria Hamu falaram que gostram do meu trabalho, me deram várias dicas e disseram que apostavam em mim. Fui ao céu. Foi uma injeção de força e alí foi plantada a sementinha da vontade de vir para São Paulo. Eu não era repórter de rede, era apenas local, mas como não queria que eles me esquecessem redobrei o trabalho. Trabalhava num turno para o jornal local e no outro ficava insistindo para os meus chefes para fazer reportagem para o nacional. E conseguia emplacar as matérias. Aí, meu atual chefe de São Paulo, Fernando Vieira de Mello, reparou em mim. Agora vem a parte mais engraçada da história... O repórter lá de Salvador que fazia as matérias nacionais entrou de férias, Zuca perguntou se eu preferia ser apresentadora do programa local, o Band Cidade, ou cobrir as férias dele. Não pensei duas vezes e fiquei com a reportagem. Só que ficou um ´buraco´ na minha vaga e que precisava ser preenchido para o nosso jornal local. Aí, São Paulo mandou uma repórter que estava começando e trabalhava como rádio escuta, a Juliana. Quando Juli chegou, nos demos muito bem. Fui sua guia turística: levei para comer acarajé, show do Olodum, apresentei amigos e levei até para minha casa de praia. Acabei seduzindo ela com os encantos de Salvador e tive uma idéia: Pedir para ela ficar mais um mês lá na terra maravilhosa e eu ir para o lugar dela em Sampa. O que acham da troca? Ela topou. Agora faltavam os chefes de Salvador... A resposta de imediato foi não. Seria mais um mês de gasto extra. Falei que resolveria o problema. Corri atrás de hotel mais em conta para Juli, permuta em restaurante, coloquei minha casa na troca também, disse que pagaria minha passagem e que em São Paulo ficaria na casa de parentes. Mostrei a proposta e disse que com tudo resolvido e sem gasto ele não teria como negar. Meu chefe disse: "Nunca vi pessoa tão insistente e chata. Vá logo. Vá arrumar as malas". Ele acabou bancando passagens, hotéis, tudo. Agora teria um outro probleminha... A vaga de Juliana era de rádio escuta, de produção, não de repórter. Mas como os orixás estão comigo, um repórter do Jornal da Band tinha acabado de entrar de férias. Pronto, fiquei um mês fazendo reportagem para o principal Jornal da casa. Na época, conheci pessoalmente Fernando Vieria de Mello e Carlos Nascimento, e disse para os dois que queria voltar para ficar. Isso foi novembro de 2005. Em abril de 2006, pouco depois do carnaval eles me chamaram.


Como é a sua relação com o Boechat e o Joelmir? Muitas vezes os telespectadores acabam presenciando momentos de descontração...
E é mesmo muito descontraído. É um estilo bem "Boechat" que estou aos poucos aprendendo. Ele é muito espontâneo, é exatamente o que a gente vê na televisão e ouve na rádio. Não gosta de nada combinado, detesta jogo de cena e o que chama de "teatralizar" o jornalismo. Nenhum comentário é previamente acertado. Ele decide na hora falar. Joelmir tira de letra, eu e o diretor de TV às vezes somos pegos de surpresa. Quem sou eu para falar dele? Mas na minha modesta opinião, Boechat tem duas características raras na televisão: é original e não é vaidoso. Aprendo muito com ele. No ar tem aquele jeitão carioca, cheio "de marra", descontraído, mas na redação, salve-se quem puder. Ele é o terror dos editores. Não deixa passar um ´s´ fora do lugar. Joelmir para mim é um ícone. Também não sou ninguém para falar do economista e profissional que ele é, mas sei que nunca vi uma pessoa tão culta educada. Parece que sabe de todos os assuntos do mundo. E eu no meio dessa dupla...



Fonte: Portal EBand

As Mulheres e o Jornalismo da Record

O domínio das mulheres foi evidente em todos os jornais exibidos pela emissora. No principal jornal, o "JR", Adriana Araújo assumiu o comando durante as férias de Celso Freitas e ficou durante quase todo o mês de janeiro ao lado de Ana Paula Padrão na bancada.

Já o "Fala Brasil" é apresentado pelas jornalistas Carla Cecato e Roberta Piza (foto), elas são responsáveis pelo comando do primeiro noticiário do dia da emissora transmitido em rede. Além das duas na bancada, o noticiário também conta com um bloco dedicado ao esporte, que tem como apresentadora outra mulher, a jornalista Salita Oliveira.

No início da tarde tem Luciana Liviero apresentando o “Record Notícias” e no "Domingo Espetacular" tem outras duas grandes jornalistas dividindo a apresentação com Paulo Henrique Amorim.

O formato exclusivamente feminino é um desejo dos executivos mais jovens que buscam uma maior inovação no jornalismo da emissora, já que em outros canais é sempre um casal que apresenta os telejornais.

2 de fev de 2010

RBS TV na Copa da África

O Grupo RBS anunciou no mês passado a venda de todas as cotas de patrocínio disponíveis no Rio Grande do Sul para a Copa do Mundo desse ano, ao total, são 5 empresas: Golden Cross, GVT, Paquetá Esportes, cerveja Polar e Coca-Cola. Vale lembrar que Coca-Cola e GVT também adquiriram sua cota para o mercado do estado de Santa Catarina.

O plano contempla toda a plataforma do Grupo (jornais impressos, TV COM, rádios e Internet) gerando a possibilidade de diferentes ações por parte dos patrocinadores.

Audiência: Os Telejornais Mais Assistidos no RJ

No final de 2009 foi divulgada uma lista com os jornais de maior audiência na cidade do Rio de Janeiro. Entre os meses de janeiro e outubro, o ranking ficou assim:

Na primeira colocação, ficou o "RJTV 2ª Edição" da TV Globo com 30 pontos de média. Em segundo aparece o "RJTV" do almoço com 14 pontos, já o "SBT Rio" do jornalista Luiz Bacci (foto) ficou em terceiro lugar com 9 pontos no Ibope. Veja o ranking completo:

RJTV 2: 30
RJTV 1: 14
SBT RIO: 9
RADAR RJ: 8
RJ RECORD: 8
BOM DIA RIO: 7
RJ NO AR: 5
A RECORD E RIO: 5
JORNAL DO RIO: 5
RJ NOTICIAS: 1
RJ ACONTECE: 1


O "Balanço Geral" do comunicador Wagner Montes da TV Record, não foi colocado na pesquisa pois é considerado um programa e não um telejornal.

1 de fev de 2010

Novidades do Jornalismo em Janeiro

Além dos canais Band Sport, Band News e Terra Viva, o Grupo Bandeirantes pretende lançar dois novos canais especializados em 2010.

O trio de apresentadores do “Domingo Espetacular” da Rede Record deve ser reformulado em 2010, apenas Paulo Henrique Amorim deve continuar na apresentação.

A jornalista da Rede TV! Rita Lisauskas já entrou no oitavo mês de gravidez, ela trabalha normalmente até fevereiro, depois disso, o jornal “Rede TV! News” será apresentado por outra jornalista.

Por falar em Rede TV! A emissora iniciou no dia primeiro de janeiro a transmissão no canal 14 da NET em SP, o investimento foi de 10 milhões de reais.

Já o SBT renovou contrato com o jornalista Carlos Nascimento (foto), ele vai ficar na emissora de Silvio Santos por mais quatro anos. O “pequeno” salário do apresentador continua girando em torno de 500 Mil Reais.

Na Globo, o “Jornal Nacional” tem novo patrocinador, o Bradesco assume a posição que antes era ocupada pelo Unibanco.

Ainda na Rede Globo, o apresentador Zeca Camargo começa a coletar material para a produção da série “Mega Cidades” que será exibida pelo “Fantástico”.

A guerra de audiência pela vice - liderança foi muito acirrada em 2009, segundo dados oficiais do Ibope, a Record registrou 6 pontos de média contra 5 pontos do SBT.